blog-photo

21

ago

2018

Cirurgia de catarata: Qual é o momento ideal para fazer?

A catarata é a maior causa de cegueira. A principal forma de catarata é a senil, ou seja, aquela decorrente do envelhecimento. E o único tratamento é o cirúrgico. Antes a indicação para a cirurgia de catarata só era prevista quando a acuidade visual já estivesse bastante comprometida ou mesmo quando a pessoa apresentasse ausência de visão. Mas as condutas mudaram com novos conhecimentos e com o avanço tecnológico.

Atualmente, a cirurgia é indicada quando a doença dá os primeiros sinais, ou seja, quando a pessoa começa a enxergar sem nitidez, prejudicando a realização de atividades cotidianas. O procedimento é relativamente rápido e não necessita de internação hospitalar. Durante o procedimento. O cirurgião remove o cristalino afetado e implanta uma lente artificial (lente intraocular) no lugar. As técnicas mais avançadas utilizam tecnologia a laser e facoemulsificação (processo no qual o cristalino é fragmentado e aspirado), necessitando de uma incisão menor, que promove mais segurança e menor tempo de recuperação do paciente. Mas como em qualquer intervenção cirúrgica, o pós-operatório exige cuidados.

O acompanhamento periódico com o oftalmologista é importante para se detectar mais precocemente o desenvolvimento da catarata. O médico é o profissional qualificado a orientá-lo sobre o procedimento cirúrgico e o pós-operatório.